RSS

Sugestões para hora do conto: "Um amor de confusão, Rato meu querido rato, O reino das borboletas brancas".

Tapete:  Um amor de  confusão
História: Um Amor de Confusão
(Dulce Rangel)

Dona Galinha um ovo botou. Mas, quando foi passear, outros dois ovos no caminho ela encontrou.
Um ovo mais dois ovos com três ovos ela ficou. Dona Galinha os três ovos em seu ninho colocou. Mas, quando foi passear, outros dois ovos no caminho ela encontrou.
Três ovos mais dois ovos com cinco ovos ficou. Dona Galinha os cinco ovos em seu ninho colocou. Mas, quando foi passear, mais três ovinhos no caminho ela encontrou.
Cinco ovos mais três ovos com oito ovos ela ficou. Dona Galinha os oito ovos em seu ninho arrumou. Mas, quando foi passear, mais um ovo ela achou.
Oito ovos mais um ovo com nove ovos ela ficou. Dona Galinha os nove ovos em seu ninho ajeitou. Mas quando foi passear um ovo enorme ela encontrou.
 
Nove ovos mais um ovo com dez ovos ela acabou.
 
E, com paciência e carinho os dez ovos ela chocou.
Mas, que surpresa não foi o dia em que os ovos se abriram. Vocês nem podem imaginar os bichos que da casca saíram.
Nasceu ganso, pato, marreco e tartaruga. Apareceu codorna, pintinho e até um jacaré.
Agora eu só quero ver a confusão que vai ser na hora que essa turma sair pra comer. Có!???




Avental:  Rato   meu querido rato
Vamo lá!!!
Todo rato tem rabo longo
Todo rato tem faro esperto
Todo rato curte escuro, lambe restos
Todo rato deixa rastro
Todo rato trai e mente
Todo rato assusta a gente
Todo rato anda em bando
São os ratos, são os ratos, são os ratos
Bem malandros...
Mas sempre tem um que é diferente
Tem sempre um que até surpreende a gente
Esse rato que aqui se mostra
É um rato que a gente gosta
É um rato que ao invés de catar
Lasquinhas de queijo e comer na rua
Prefere mil vezes um beijo
Um beijo brilhante da lua
Lua minguante Lua crescente
Declaro ser o seu mais lindo amante
Com você eu quero me casar
Fazer da noite escura
O nosso altar...
Rato meu querido rato
Eu não sou assim de fino trato
Pra selar esse contrato
Minha luz é passageira
Fico sempre por um triz
Mesmo quando estou inteira
Vem a nuvem me cobrir
Ela sim nuvem faceira
É que lhe fará feliz
Nuvem redonda que cobre o luar
Declaro ser o seu mais lindo amante
Com você eu quero me casar
Fazer do céu imenso o nosso altar...
Rato meu querido rato
Eu não sou assim de fino trato
Pra selar esse contrato
Minha sombra é tão nublada
Fico sempre por um triz
Mesmo quando estou parada
Vem a brisa a me diluir
Ela sim brisa danada
É que lhe fará feliz
Brisa macia
Que destrói a nuvem que cobre o luar
Declaro ser o seu mais lindo amante
E com você eu quero me casar
Fazer do vento nosso altar...
Rato meu querido rato
Eu não sou assim de fino trato
Pra selar esse contrato
Mesmo quando sopro forte
Vem a parede a me barrar
Só a parede de uma casa
Não deixa a brisa passar
Ela sim dura parede
É que aprenderá te amar
Parede parada
Que para a brisa que destrói a nuvem
Que cobre o luar
Declaro ser o seu mais lindo amante
E com você eu quero me casar
Fazer da terra o nosso altar...
Rato meu querido rato
Eu não sou assim de fino trato
Pra selar esse contrato
Meus tijolos são de barro
Mas não é difícil me esburacar
Mesmo sendo bem segura
Vem a ratinha me cavoucar
Só a ratinha bem dentuça
Saberá como te amar
Ratinha dentuça
Que cavouca a parede que barra a brisa
Destrói a nuvem que cobre o luar
Declaro ser o seu mais lindo amante
E com você eu quero me casar
Fazer da natureza o nosso altar...
Rato meu querido rato
Eu que sou assim de fino trato
Pra selar esse contrato
O meu faro é tão certeiro
Com você vou ser feliz
Mesmo não sendo perfeita
Eu sou a ratinha eleita
Fico toda aqui sem jeito
esperando um grande queijo...
OPS!!!
esperando um grande beijo...
Toda rata tem rabo longo
Toda rata tem faro esperto
Toda rata curte escuro, lambe restos
Toda rata deixa rastro
Toda rata trai e mente
Toda rata assusta a gente
Toda rata anda em bando
São as ratas, são as ratas, são as ratas
Bem malandras
(http://www.youtube.com/watch?v=piu12_ESfzE)


tapete: O reino das borboletas brancas

O REINO DAS BORBOLETAS BRANCAS

NO MUNDO DA FANTASIA EXISTE  UM REINO MUITO INTERESSANTE, “O REINO DAS BORBOLETAS BRANCAS”. UM REINO BONITO, CHEIO  DE  FLORES, ÁRVORES , RIACHO, NATUREZA.... TUDO  MUITO LINDO! MAS LÁ TUDO ERA MUITO BRANCO!!!!  E  O  QUE NÃO ERA  BRANCO, FICA   NUM   CANTINHO.
NINGUÉM LEMBRAVA DO VERMELHO, DO ROSA, DO AMARELO, DO LARANJA, DO AZUL... SÓ DO QUE ERA  BRANCO!!
LÁ NO REINO DAS BORBOLETAS BRANCAS, AS BORBOLETAS SÓ BEIJAVAM AS FLORES BRANCAS.
-HUMMMM! QUE DELÍCIA! QUE BELEZA! HUMMM!
UM DIA NASCEU UMA LINDA BORBOLETINHA. ELA APRENDEU A VOAR E CHAMOU A ATENÇÃO DE TODOS NO REINO.
- OLHA A BORBOLETINHA! QUE LINDA! TODA BRANQUINHA, BRANQUINHA!
AO DAR O PRIMEIRO PASSEIO  ELA SE ENCANTOU  COM AS OUTRAS BORBOLETAS.
- OH! COMO SÃO LINDAS! MAS ELAS SÓ VÃO BEIJAR AS FLORES BRANCAS!? SERÁ QUE ELAS NÃO PERCEBEM A BELEZA DO VERMELHO, A BELEZA DO ROSA, A BELEZA DO AMARELO, DO LARANJA E  O AZUUUULLLL COMO É LINDO!!!
- POR QUE SERÁ QUE ELAS SÓ BEIJAM AS FLORES BRANCAS?!
- NOSSA! ELAS SÃO TÃO DIFERENTES! HUMMMM! E TEM UM PERFUME DIFERENTE! E ESSA   AQUI!!  HUMMMM! E ESSA AZUL! HUMMM! SINTAM O PERFUME DA FLOR AZUL!!! HUMMMM! QUE CHEIRINHO  GOSTOSO!!!! NOSSA QUE PERFUME! EU NUNCA VI FLORES TÃO LINDAS!
E COMO  AS FLORES NUNCA TINHAM GANHADO BEIJINHOS DE NINGUÉM, ELA SOLTARAM  UM PERFUME TÃO BOM  E UMAS GOTINHAS DE ORVALHO. AS GOTINHAS  DE ORVALHO FORAM ESCORREGANDO , ESCORREGANDO, ESCORREGANDO  NA BORBOLETINHA, AGRADECENDO OS BEIJINHOS E O CARINHO  .
- NOSSA ! ERA  O BEIJINHO MAIS GOSTOSO DAS FLORZINHAS!
SABEM O QUE ACONTECEU?!
 -  OOOOOOHHHH!  - BORBOLETINHA  FICOU ”AZUL”.
- NOSSA COMO EU ESTOU LINDA!!  - FALOU A BORBOLETINHA.
QUANDO A BORBOLETINHA VOLTOU PARA CASA AS OUTRAS BORBOLETAS VIRAM ELA NA COR AZUL, FALARAM:
- NOSSA! UMA BORBOLETA AZUL! – AS BORBOLETAS FALARAM .
ACHARAM ELA BONITA E PERGUNTARAM COMO ELA FICOU ASSIM. A BORBOLETINHA  FALOU QUE BEIJOU AS FLORES  AZUIS E AS COLORIDAS.
ENTÃO AS BORBOLETAS  BRANCAS TAMBÉM  FORAM CONHECER OUTRAS FLORES E ASSIM FORAM FICANDO COLORIDAS. LINDAS  COM PINTINHAS   LARANJAS, VERMELHAS....E FORAM NASCENDO OUTRAS  BORBOLETAS COM PINTINHAS COLORIDAS.
O REINO DAS BORBOLETAS BRANCAS AGORA ESTA MAIS COLORIDO E AS BORBOLETAS MAIS FELIZES. AGORA É O “ REINO DAS BORBOLETAS COLORIDAS!”


Autora: MARLI ASSUNÇÃO GOMES PEREIRA
Editora: Paulinas
Coleção : Fazendo   historia

0 comentários:

Postar um comentário