domingo, 29 de abril de 2012

Sugestão para " Dia das mães"



Para a lembrança do dia das Mães: pote de sorvete  decorado com desenhos  colados com contat e TNT para prender a tampa. Um coração  em TNT para prender os alfinetes.

Sugestão para conto: "Se as coisas fossem mães"



SE AS COISAS FOSSEM MÃES
Se a lua fosse mãe, seria mãe das estrelas,
O céu seria sua casa, casa das estrelas belas.


Se a sereia fosse mãe, seria mãe dos peixinhos,
O mar seria um jardim e os barcos seus caminhos.

Se a casa fosse mãe, seria a mãe das janelas,
Conversaria com a lua sobre as crianças-estrelas,
Falaria de receitas, pastéis de vento, quindins,
Emprestaria a cozinha pra lua fazer pudins!


Se a terra fosse mãe, seria mãe das sementes,
pois mãe é tudo que abraça, acha graça e ama a gente.

Se uma fada fosse mãe, seria a mãe da alegria.
Toda mãe é um pouco fada... Nossa mãe fada seria.


Se uma bruxa fosse mãe, seria mamãe gozada:
Seria a mãe das vassouras, da Família Vassourada!

Se a chaleira fosse mãe, seria a mãe da água fervida,
Faria chá e remédio para as doenças da vida.

Se a mesa fosse mãe, as filhas, sendo cadeiras,
Sentariam comportadas, teriam “boas maneiras”.


Cada mãe é diferente:
 
Mãe verdadeira, ou postiça, mãe-vovó, mãe titia,
 
Maria, Filó, Francisca, Gertrudes, Malvina, Alice,
toda mãe é como eu disse.

Dona Mamãe ralha e beija,
Erra, acerta, arruma a mesa, cozinha, escreve, trabalha fora,
Ri, esquece, lembra e chora, traz remédio e sobremesa.


Tem até pai que é “tipo-mãe”...
Esse, então, é uma beleza
 !









segunda-feira, 23 de abril de 2012

"O baile das portas"

Carinhas para as portas: porta do salão de beleza, porta da academia de ginástica, porta da delegacia de polícia, porta do mercado, porta da casa da Dona Cecília, porta do Hospital,  porta da Escola, porta da Creche, porta do correio, da Igreja, porta do bar ....




domingo, 22 de abril de 2012

Sugestão de avental e história para hora do conto "O baile das portas"




História : O baile das portas - Marô Barbieri

Porta é tudo  igual. Porta abre e fecha. Parece que é só isso. Mas não. Tem porta de todo tipo.
Naquela cidade não era diferente. Tinha a porta da igreja sempre reservada, tímida até. Bem diferente da porta do salão de beleza que era moderna, extravagante, colorida. E a porta da escola, então? Séria , responsável, muito fechada, abre só na  hora da entrada, do recreio e da saída. Grandona e alegre, a porta do supermercado faz  tempo que está de regime mas carrega no bolso umas balinhas. Ela explica: - Nem  é bem pra fome, é pra vontade....
Já a do correio, de uniforme e sempre  com  pressa, não gosta  de deixar pra amanhã o que pode fazer hoje.
A porta da venda do Godofredo se incomoda com os cupins e anuncia  que as bananas estão em oferta, bem maduras, dez por R$1,00.
A porta  do bar da praça , meio brega, toma  caninha  no fim  da tarde, entorna um tantinho  pro santo  e adora pastel.
Mas tem  porta chique  na cidade. É a porta da Escola de Dança   que sabe  falar  francês  e aprendeu balé!
Sorte a dela porque  a porta  da casa  do sapateiro não teve chance, sempre  dando duro, com pouco dinheiro  e muito trabalho.
Muito trabalho  também tinha a porta da  academia  de ginástica, puxando  peso,  fazendo exercício  pra ficar bonita e pra ter  um saúde de ferro.
Fora essas características pessoais, como  toda porta que se preze,  elas abriam  e fechavam, deixando  passar   os habitantes  da cidade. Que , aliás,  nem se importavam com elas. Só passavam  , entrando , saindo. Isso  as incomodava bastante.
- A gente passa a vida juntos e eles nem ligam!
As vezes, o vento  era parceiro. Embalava  as portas pra lá e pra cá.
Elas gostavam. Só não gostavam  quando era  vendaval  porque  aí elas batiam  com força. E tinha  hora que até  doía.
A porta  da casa da Dona Cecília, bem velhinha, já tinha  levado uma quantas  batidas e se queixava de dor nas costas.
Um belo dia , a porta salão olhou  para a porta da academia  e comentou:
- A gente  bem que podia  sair um pouco  desta mesmice  de abrir  e fechar, fechar e abrir.
- Tem  razão. Todo o dia esta ginástica de abrir, fechar, fechar, abrir. Puxa vida! Dá um tempo.
A porta do bar, querendo  agradar as amigas, resolveu  ver puxa-saco:
- Mas querida, com tanto movimento na academia, você deve viver  muitas emoções. Eu queria ser você. Aqui no bar, o pessoal é bem  sem graça...
Parece  que as  primeiras idéias vieram  destas três pioneiras mas foi a porta do sindicato quem realmente  começou  o movimento.
- Companheiras !  Faz muito tempo  que prestamos  serviços aos moradores desta cidade! As  mais antigas  de nós abrem e fecham há cinquenta anos! E que ganhamos hoje? Indiferença. A mais triste indiferença! Isto  não pode  continuar. Porta também  tem sentimentos. Porta também  precisa  de lazer. Porta também é cidadã!
No início, a porta  do sindicato parecia  estar falando sozinha. Mas,  com o passar do tempo, seu discurso passou a  interessar.
- Essa porta  sindical  até que tem razão. Estou  me  sentindo   enferrujada. – disse  a porta  da delegacia, que  era  de ferro.
O clamor foi aumentando ,mas  e mais portas falavam, dando  força. Descontentamentos, algumas mágoas.
- Faz anos que eu  não  ganho uma pintura,  uma só pinturinha.  O corredor e as salas cheiram a tinta nova. Mas eu estou  descascada e feia e,  quando bate a chuva, nossa!  Fico ensopada. É um  resfriado  atrás do outro! – disse a porta  do hospital. Disse e espirrou .  Espirrou  tao forte  que ficou  ainda   mais descolorida. – Ai, ai!
- E eu,  que nem  pude  opinar sobre a cor que me pintaram? – a porta  da creche suspirou. – Estou assim , neste vermelho-tomate horroroso faz anos!
A revolta foi crescendo. E, então , num belo dia, elas disseram:
- Basta! Chega!
Numa reunião histórica , as portas  resolveram :
- Queremos  ser valorizadas!
Em seguida decidiram:
- Temos  direito ao  lazer. Estamos  estressadas. Pra gente se distrair , faremos um baile!
- Isso ai!  É uma  idéia  original!  Eles vão  ter que  prestar  atenção  na gente!  E, ainda por cima , nos divertimos  muito!
Os habitantes  da cidade se espantaram.
- Um baile ? UM BAILE?  O que   as portas vão fazer  num baile?
- Ora, o que  vamos fazer ? Nos arrumar  , dançar, curtir. Não é isso que se faz num baile?
- Sim, mas...
O prefeito não teve  o que dizer, confuso, diante da comissão das portas que tinham ido à prefeitura para  informá-lo  do baile.
- Nem  mas nem meio mas – a porta  do sindicato foi cortante. E definitiva.
- Não tem  volta. Está  decidido. Será  em abril.
O professor  Toninho, simpático às idéias  democráticas, apoiou a decisão.
-Não tem  problema, sou  a favor, vou ajudar.
Dona Zuzu, dona  da escola  de dança, olhou com carinho para sua porta , pensando:
-Ela vai fazer bonito, a nossa porta. Ela sabe dançar tão bem!
Tiago Marceneiro, entusiasmado  por madeira, declarou:
-Serei parceiro!  Madeira é comigo. Querem  passar verniz?
O padre Marcelo declarou:
- Estou pensando sobre o assunto. Portas  são criaturas de Deus. De qualquer modo, a igreja tem de estar  sempre aberta. Vamos ver . Vou meditar.
Mas nem todos estavam  de  acordo.
- Isso  é uma grande  besteira! – declarou o delegado. –O  que faremos  na cadeia se  a nossa porta  resolve sair para dançar?
- É só trocar de lugar – respondeu a porta sindical. – Enquanto  dançamos, vocês  tomam conta das entradas.
- E das saídas. – completou  a porta da Academia.
-Mas, então , ficaremos  com as casas abertas?
- Sim. Isso mesmo. Sempre  que tiver baile.
O diretor  do Clube  Municipal, porém , recusou-se a emprestar o salão. Então as portas  resolveram  que seria  um baile  ao ar livre, no parque.
Cheios de curiosidade, os moradores acompanharam  os preparativos.
Primeiro foi a limpeza do espaço da festa, na maior  praça  da cidade.
Depois a colocação  do palco onde a banda iria tocar. E finalmente uns  balões  coloridos para alegrar  o  ambiente.
Alguns moradores chegaram  perto da  praça para olhar  e acabaram  ajudando, varrendo, atando os fios entre as árvores  para  pendurar os balões.
Outros  só sabiam  reclamar.
- Uma loucura!
- É um desaforo!
Abril chegou. No dia combinado, as portas desprenderam –se das dobradiças  e foram  enfeitar-se para o baile.
As casas  ficaram  assim, o espaço  vazio   das portas preenchido  pela visão  das salas e das pessoas lá dentro, muita coisa nova aparecendo aos olhos  dos vizinhos e dos  que passavam pela rua.
- Olha só, a Dona Cotinha pintou a sala de amarelo! Ficou  linda. Ei, Dona Cotinha, parabéns!
Dona  Cotinha sorri e fica feliz.
João vê  O Seu Felício lendo  e  grita lá do seu pátio:
-Boa tarde, Felício! Quer tomar um  cafezinho?
Seu Felício levanta a cabeça , vê o vizinho pela abertura da porta e se alegra. Fazia  um tempão  que não se encontravam.
- Estou indo! Um momentinho!
Susana  e Marisa , vendo  a Sueli na frente da  TV, propõem:
- Oi, Su! Quer bater um papo com a gente?
- Legal! – a Sueli  desliga a TV  e sai  pra rua para encontrar as amigas.
Assim  é que  a cidade,antes apagada e fria, vai se  aquecendo  ao  calor de alguns  reencontros de alegrias, de amizades refeitas.
À noite, o baile foi o maior  sucesso, as portas dançaram  até de madrugada.
Exaustas   e felizes,  cada uma voltou direitinho  para sua casa  e, na manhã seguinte, o sol  encontrou  na cidade um sorriso em cada casa.
Nas portas e nas pessoas.
Agora  as portas continuam  abrindo e fechando.
E ninguém   reclama  quando  elas  começam  a se enfeitar.

Viu só?

 Sugestão do avental no   blog: http://bonequeiras2.blogspot.com.br/ .

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Sugestão para o dia das Mães: caixa de costura

Pote  de sorvete: caixa  de costura

Sugestão: música para o dia do índio

A Uni cuniti a uni

Formação: Roda com crianças sentadas. Batem as mãos no chão, nos joelhos, nos ombros
e acabam batendo palmas em cima da cabeça.

A uni cuniti a uni
A uni cuniti a uni
Ai, ai, ai hipi ai caieni
Ai, ai, ai, hipi ai caieni

(Fazem gestos imitando os índios)
Indio engraçado
Da cara pintada 
Você é valente
Não tem medo de nada.
Você mora no mato
No meio de animais
De feras e de tudo
E muitas coisas mais

sábado, 14 de abril de 2012

Conto "Uma menina que não sabia se comportar"



Essa idéia é  do blog da Idalete.
Voces  também encontram essa idéia nos  blogs: 
 blogtiale.blogspot.com.br 
recursosvisuaisebi.blogspot.com.br 
tiaidalete.blogspot.com.br
alineduartecriativa.blogspot.com



                                          Boneca BILA - HISTÓRIA

Olá crianças, hoje nós vamos ouvir uma história muito legal, de uma menina que gosta muito de fazer caretas. Mas essas caretas que ela faz mostram o que está em seu coração. E como será que é o coração dela?

Esta menina se chama Bila. Prestem atenção para ver se esta história lembra alguma coisa em sua vida.

A Bila é uma menina muito brava, olha só a cara dela. Ela não tem muita paciência com seus irmãos, briga por qualquer coisinha. E sabem de uma coisa? Ela gosta de fazer tudo do seu jeito, não aceita opinião de ninguém. Isto me lembra uma pessoa "rebelde", não é mesmo? A rebeldia não agrada a Deus. E quando alguém chama a sua atenção ela começa a chorar. (coloca a 2ª carinha) ela abre o bocão e grita, chora bem alto e faz pirraça. Será que aqui tem gente assim também como a Bila? Olha só como está ficando o coração dela. Cada vez mais sujo. (pingar iodo na água para ficar escuro)

E sabem crianças a Bila faz uma coisa que eu acho horrível (coloca a 3ª carinha) ela mostra a língua para as pessoas, ela faz careta para a sua professora e até para os seus pais. Isto é muito feio, não é mesmo?

A Bila não conhece a Palavra de Deus e ela não sabe que lá em Ef 6:1 diz "Filhos obedeceis a vossos pais no Senhor, pois isto é justo." Ela precisa obedecer aos pais e aqueles que são autoridades na vida dela. E sabe o que ela mais precisa aprender? A não falar mentira (coloca a 4ª carinha).

Ela é uma menina mentirosa, mente tanto que ninguém acredita nela. E Deus fala em Sua Palavra que o pai da mentira é o diabo (Jo 8:44). Acho que a Bila não sabe que quem fala mentira tem o diabo como pai. Eu não quero ter o diabo como pai, e vocês querem? A Bila é uma menina muito maldosa (coloca a 5ª carinha). Agora olhe para o coração de Bila e veja como está. (pingar mais iodo na água para ficar escuro)

Ela gosta de puxar o cabelo das meninas, de dar beliscão nos meninos e até um "pedala Robinho" (tapa na testa) nos seus colegas. Ela não tem medo de ninguém e não leva desaforo para casa. Olha só a cara dela.

Assim ela não pode ter amiguinho nenhum, pois quem vai quer ter uma amiga assim?

Um dia Bila chegou mais cedo na escola e sem que ninguém a visse ela roubou um livro da Biblioteca. (colocar a 6ª carinha).

E ela continuou a roubar, foi um lápis, uma borracha, uma moedinha, aí não parou mais. Fazia tudo escondido é claro. Que coisa ruim não é Bila? Eu sei um versículo que diz que o diabo veio para matar, roubar e nos destruir (Jo 10:10). Acho que a Bila não é uma menina feliz só faz coisas erradas! Você não acha?

Mais um dia olha só o que aconteceu, (colocar a 7ª carinha) ela foi convidada a ir numa igreja, no início ela não queria ir, mas depois pensou..."Eu vou fazer muita bagunça lá."

Mas chegando lá todos a trataram bem, ela louvou com as crianças, ela gostou e se sentiu importante. A professora do cultinho tinha uma história muito linda para contar, e era a história mais maravilhosa que alguém podia escutar. Esta história está em um livro todo sem palavras como este aqui, (pegue o livro) você quer ouvi-la? Então preste atenção (contar a história do livro sem palavras acrescentando e lembrando-se dos pecados que bila cometia). (colocar a 8ª carinha).

Fazer o apelo e dizer que Bila orou recebendo ao Senhor Jesus, pois ela se arrependeu e quis mudar de atitude. (coloca a 9ª carinha).

Obs: Pergunte as crianças: Como está o seu coração? Será que você precisa pedir perdão hoje pelos seus pecados?

Crianças a Bila reconheceu que o que ela fazia era pecado. Agora com Jesus no seu coração ela é uma pessoa diferente. A sua família logo reconheceu que ela havia mudado. E na escola também, ela agora mostrava para todos o que Jesus fez em sua vida. (colocar a 10º carinha) Veja como a Bila está agora.
(colocar VANISH ROSA na água para ficar BRANCO).

E você também pode ser uma criança alegre, feliz, obediente. É só realmente entregar sua vida a Jesus e fazer sempre o que agrada a Deus.


 Essa idéia é do blog:  recursosvisuaisebi.blogspot.com.br
com o modelo da boneca. É bem legal! 


nO





sexta-feira, 13 de abril de 2012

Sugestão: almofada apoio para notebook




Bem legal e pratico de usar a almofada com bandeja para notebook.
Eu adorei!!!

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Sugestão para hora do conto: "A menina que não sabia se comportar"


Essa idéia  é do blog da Idalete.  Os rostinhos  são presos  com velcro na carinha da boneca.
A história é de uma menina que não sabia  se comportar, gritava   com as pessoas, fazia caretas e outras coisas de mau comportamento. É uma história bem legal para contar para as crianças!!!

 Sugestão no blog da Idalete: http://tiaidalete.blogspot.com.br

domingo, 8 de abril de 2012

Sugestão com sucatas: martelo de garrafa pet


Guto Bate Com o Martelo

Xuxa

Guto bate com um martelo um martelo, um martelo,
Guto bate com um martelo, então bate com dois
Guto bate com dois martelos, dois martelos, dois martelos,
Guto bate com dois martelos então bate com três
Guto bate com três martelos, três martelos, três martelos
Guto bate com três martelos então bate com quatro
Guto bate com quatro martelos, quatro martelos, quatro martelos
Guto bate com quatro martelos, então bate com cinco
Guto bate com cinco martelos, cinco martelos, cinco martelos
Guto bate com cinco martelos e depois vai dormir

Sugestão para o dia das Mães: balaio para prendedores de roupas decorado


Minha ajudante também quis sair na foto.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Sugestão: carta do coelho de Páscoa

 

QUERIDAS CRIANÇAS!

ESTAMOS MUITO  PERTO DAS FESTAS DE PÁSCOA E EU  ESTOU TRABALHANDO MUITO PARA TERMINAR DE DECORAR TODAS AS CESTAS DE PÁSCOA POR ESTE ANO! ESTOU MUITO ANSIOSO PARA COMEÇAR   ENTREGÁ-LOS.
FIQUEI SABENDO QUE VOCÊS  SE COMPORTARAM MUITO BEM, É POR ISSO QUE VOCÊS FORAM  UMAS  DAS PRIMEIRAS CRIANÇAS QUE VISITEI  PARA DEIXAR UNS DOCES DE PÁSCOA .ESPERO QUE ESSES DOCES FAÇAM-LHES  MUITO FELIZES.
ESTE É UM DOS MOMENTOS MÁGICOS DO ANO, E É  UM BOM TEMPO  PARA  PERMANECER PERTO DA FAMÍLIA COM MUITA ALEGRIA.
 COMO NÃO TEREI TEMPO  PARA ESCREVER PARA TODAS AS CRIANÇAS, EU PEÇO   PARA A PROFESSORA QUE ME FAÇA O FAVOR  DE CONTAR PARA VOCÊS QUE ESTOU FAZENDO OS SEUS DOCES  PARA A CESTA DE PÁSCOA COM  SURPRESAS ESPECIAIS.
ESPERO QUE  NO PRÓXIMO  ANO  VOCÊS  CONTINUEM  SE COMPORTANDO TÃO BEM COMO ATÉ AGORA! ESTOU  MUITO ORGULHOSO DE VOCÊS!
 FELIZ PASCOA!!
 UM GRANDE ABRAÇO APERTADO,

COELHO DA PÁSCOA
 

Professora Geórgia Template by Ipietoon Cute Blog Design